Nascidos na era da tecnologia, hoje os jovens da geração Z representam 2% da força de trabalho. Até meados de 2020, serão cerca 20%, ocupando cada vez mais cargos de liderança e tornando-se os futuros gestores das organizações.

Embora existam semelhanças entre as Gerações Y e Z, como a facilidade de lidar com tecnologia e o perfil multitarefas, existem alguns pontos-chave que distinguem os jovens dessas duas épocas quando se refere ao mercado de trabalho, expectativas profissionais e ambiente organizacional. Por isso, para preparar a Geração Z para ocupar cargos de liderança, o primeiro passo do RH é preparar o terreno na empresa com relação às diferenças entre essas duas gerações.

Enquanto os Millennials, por exemplo, acreditam na colaboração e na inclusão, os  jovens da Gen Z são mais competitivos e independentes. E enquanto o primeiro grupo aprendeu, com o tempo, a dominar a tecnologia, a geração Z é a primeira a já nascer e se desenvolver sob a total influência dos smartphones, sendo que muitos desses jovens não conhecem o mundo sem as mídias sociais.

Essas características somadas ao espírito empreendedor, curioso e, de certa forma, impetuoso dessa geração, faz com que seja necessário a criação de um ambiente altamente estimulante no trabalho, mas, ao mesmo tempo, torna-se imprescindível desenvolver algumas habilidades relacionadas à maturidade e paciência, para transformar a Geração Z em futuros líderes de sucesso.

Conheça suas prioridades e mostre um caminho

Menos de 30% dos jovens da Geração Z acham que o dinheiro seria um motivador para trabalharem duro e permanecerem na empresa por mais tempo. Para estes jovens, as oportunidades de crescimento são o principal fator para aceitar um cargo ou permanecer em uma empresa. Por isso, é preciso aguçar o espírito empreendedor deles com uma cultura que permita trabalhar em projetos ligados diretamente ao propósito e sucesso do negócio. Desta forma, além de aproveitar seu potencial será possível lidar com a ansiedade e, às vezes, impaciência destes jovens para construir uma carreira.

Torne a aprendizagem divertida, prática e interativa

Para 75% dos jovens Gen Z, há outras formas de se obter uma boa educação que não seja na faculdade. Esta é a geração do-it-yourself. Como sempre tiveram a tecnologia à disposição, se precisam aprender algo, eles irão buscar e aprender de forma online. Sendo assim, a melhor maneira de desenvolver habilidades de liderança é utilizar abordagens não-convencionais e, claro, com uso de tecnologia.

Converse e ofereça suporte

Não dá para querer que jovens de vinte e poucos anos cheguem à organização com o grau de maturidade necessário para assumir cargos de liderança. E, embora os Gen Z saibam que estão apenas começando a trilhar sua carreira, querem empresas que lhes deem voz e suporte – segundo pesquisa da Enterpreneur, 61% dos jovens da Geração Z querem um gestor que ouça suas ideias e valorize suas opiniões.

Referências:

SCHAWBEL, D. Why ‘Gen Z’ May Be More Enterpreneurial Then ‘Gen Y’. Disponível em: <https://www.entrepreneur.com/article/231048>

MILLENNIAL BRANDING. Gen Y And Gen Z Global Workplace Expectations Study. Disponível em: <http://millennialbranding.com/2014/geny-genz-global-workplace-expectations-study/>

FINCH, J. What Is Generation Z, And What Does It Want? Disponível em: <https://www.fastcompany.com/3045317/what-is-generation-z-and-what-does-it-want>