Um dos maiores desafios enfrentados pelo setor de varejo brasileiro é a alta rotatividade de funcionários. Segundo o Ranking NOVAREJO Brasileiro 2016, esse percentual foi de 38,5% em 2015, número bastante preocupante levando-se em conta as consequências negativas que esse alto índice acarreta para o negócio.

Além da pressão por resultados já conhecida por quem trabalha no setor – e que, algumas vezes, acaba sendo motivo do desligamento de colaboradores -, a falta de investimento em capacitação contínua também agrava a situação, o que, para a empresa,  implica em maiores custos trabalhistas e impede a formação de uma equipe de vendas consistente e de alta performance.

Quando não recebem o preparo e a motivação adequados para trabalhar, os vendedores acabam ficando desmotivados, deixando o emprego; por sua vez,  os gestores deixam de investir em treinamento por causa da alta rotatividade de funcionários. Dessa forma, a situação se transforma em uma “bola de neve” em que ambos os lados saem perdendo.

Diante desse quadro, como é possível reduzir o turnover no varejo e construir uma força de vendas de alta performance?

Conheça sua equipe de vendas
Segundo a pesquisa “A Contratação, Demissão e Carreira dos Executivos Brasileiros” realizada pela Catho, 28,3% dos profissionais mudam de emprego buscando uma melhor perspectiva de carreira. Conhecer cada membro da equipe, suas motivações e aspirações profissionais é o primeiro passo para reduzir os índices de turnover.

Invista continuamente na capacitação da força de vendas
O mundo está mudando cada vez mais rápido. Ao mesmo tempo, as exigência do consumidor também são cada vez maiores, uma vez que ele está mais consciente daquilo que compra e de quem compra. Para acompanhar todas as mudanças e garantir resultados, a equipe de vendas precisa estar constantemente atualizada, caso contrário, os membros começarão a se sentir frustrados por não atingirem as metas e muito provavelmente deixarão o emprego.

Ofereça novos formatos de treinamento
A pressão diária por metas e resultados já é, por si só, um obstáculo ao engajamento de equipes de venda no varejo. Por isso, na hora de oferecer um treinamento, quanto mais “leve”, interativo, dinâmico e personalizado for o aprendizado, maiores serão as chances de sucesso da iniciativa e, consequentemente, de melhoria no desempenho da equipe.