Estudos apontam que o primeiro cargo gerencial é a experiência que determina as bases do perfil dos profissionais como gestores. A primeira gestão tem uma influência duradoura sobre o desenvolvimento dos executivos, pois é neste momento que construirão habilidades e julgamentos que vão apoiá-los durante toda sua carreira.

No entanto, ser bem-sucedido nessa transição requer uma grande mudança, onde o novo líder precisa aprender a pensar, sentir e agir de acordo com as novas responsabilidades e é comum que novos líderes cometam muitas falhas, sobretudo nos primeiros meses no novo cargo.
Por isso, seguir algumas prioridades pode auxiliar os gestores de primeira viagem a lidar melhor com os desafios e pressões de ser um novo líder:

1 – Esteja preparado para mudanças
Muitas coisas irão mudar desde o primeiro dia como líder. Não apenas em relação às tarefas executadas como, principalmente, em relação à postura, comportamento e habilidades requeridas. É natural que o novo gestor chegue com dúvidas e algumas inseguranças e, nesse processo, estar preparado e aberto às mudanças é o primeiro passo para garantir o sucesso da caminhada.

2 – Saiba dar e receber feedbacks desde o primeiro dia
Entre todas as novas atribuições de um líder, aquela que reflete o verdadeiro sentido da liderança é conseguir contribuir efetivamente para o desenvolvimento de outras pessoas. E para que isso seja possível é preciso, desde o início, existir um ambiente de sinceridade e respeito mútuos, onde tanto o líder quanto os colaboradores se sintam confortáveis para dar e receber feedbacks, ainda que negativos.

3 – Aprenda algo todos os dias
Seja algo sobre trabalho, sobre o comportamento das pessoas e principalmente o autoconhecimento. O aprendizado contínuo deve fazer parte da rotina do novo líder e, consequentemente, deve ser incentivado para sua equipe.

4 – Pratique ouvir as pessoas
Ouvir está entre as habilidades mais importantes para um líder. Estar aberto a escutar o que um membro da equipe tem à dizer pode ser a solução para muitos conflitos ou obstáculos, além de estreitar os laços com a equipe.

5 – Aceite quando estiver errado
Líderes precisam tomar decisões a todo momento, às vezes de forma rápida e inesperada. E, como todo ser humano, líderes também podem errar. Nessas horas, ele precisa entender que admitir um equívoco não é sinal de fraqueza e ter a sabedoria e humildade necessárias para assumir a responsabilidade e, junto com sua equipe, buscar uma solução para mudar a situação.